Você termina suas refeições com a sensação de “ai, comi demais”? Isso diz muito a respeito da sua relação com a comida. Você já parou para pensar em como é a sua relação com a comida? Você come por comer? Porque você come uma coisa e não outra? Existe culpa enquanto você se alimenta?

Será que você é uma daquelas pessoas que passa o dia inteiro pensando em comida? Fazendo dieta? Se privando? Ficando aflita nos almoços dos finais de semana porque você não sabe como vai reagir com tanta fartura, com tantas “comidas proibidas”? Isso é algo muito comum que chamamos de “mentalidade de dieta” e que tem gerado nas pessoas um comer transtornado. Isso é um assunto muito preocupante e que vejo poucas pessoas abordarem, então gostaria de refletir com vocês o por quê estamos seguindo essa caminho e por quê tantas pessoas sofrem e têm uma relação tão conflituosa de amor e ódio com a comida.

comi demais

A sensação do “comi demais” é frequente após suas refeições?

A gente sabe que comer normal nos faz feliz, afinal de contas comer é prazer, já o “comi demais” não. E quando é que esse comer equilibrado começa a ser excessivo e nos trazer problemas? Acredito que a origem de todos os problemas em relação a isso vem da INSATISFAÇÃO. A insatisfação na nossa vida pessoal, familiar, profissional faz com que a gente acabe usando a comida para preencher esses espaços vazios que a gente tem ao decorrer da vida.

Todo mundo precisa se sentir amado, desejado, protegido, seguro, bem nutrido e ter uma vida com satisfação e significado. E todo mundo também já teve algum tipo de experiência mais ou menos positiva com a comida. Em alguns casos, essas más experiências podem deixar traumas que fazem com que algumas pessoas usem a alimentação como VÁLVULA DE ESCAPE para suas frustrações e tristezas ou como uma forma de recompensa, uma forma de preencher esse tipo de insatisfação que nada tem a ver com a comida. Então acabam usando a comida como consolo quando estão sozinhas, como recompensa pelo dia estressante ou como entretenimento por a vida estar tediosa e sem significado. Afinal, quem nunca usou o “eu mereço“ antes de se render a alguma guloseima?

Acho que se você tem com frequência essa sensação do comi demais, vale a pena parar e refletir um pouco, pois creio que todo excesso vem de alguma falta. Seria bom a gente investir em autoconhecimento, outras áreas além da alimentação, e procurar ver o que está faltando em nossa vida de fato. Será que o que nos falta deve ser preenchido com comida? Será que é a comida que vai resolver nossos problemas? Muita gente acaba até mastigando os problemas. O grande lance é RESSIGNIFICAR essa relação. O AUTOCONHECIMENTO e INFORMAÇÃO adequada são imprescindíveis para você encarar a sua alimentação de uma nova forma e redescobrir o prazer além comida. 

comi demais

Que outras atividades além do comer te trazem prazer? Para mim é no mar.

No final das contas, conseguimos perceber claramente que a sensação do comi demais não preenche esses espaços e não resolve nossos problemas. Acredito que tem muita gente que precisa identificar esses pontos críticos para ter uma relação mais harmoniosa com a comida e também com o corpo. 

Queria saber de você, se você tem essa sensação do comi demais com frequência, como você acha que é a sua relação com a comida e de que forma posso te ajudar nesse sentido?  Minha meta é te oferecer conhecimento e ferramentas para que você consiga aplicá-los no seu dia a dia para ter mais saúde. A palavra INSATISFAÇÃO diz alguma coisa pra você?

Confira no meu Instagram a resposta das pessoas sobre esse tema.